Minha bagagem foi extraviada! E agora?

  • Post category:AL / Artigos

Chega o momento das férias! A sua viagem tão sonhada é realizada e quando você chega ao destino recebe aquela desgostosa surpresa… Sua bagagem foi extraviada! E agora, como proceder?

Direitos dos Consumidores

É direito do consumidor ter a prestação de serviços completa, não podendo haver falhas que ocasionem qualquer problema ou dificuldade.

Contudo, não é inverdade que nas viagens inúmeros consumidores são pegos desprevenidamente quando acontecem esses problemas.

Temos como costumes a utilização com maior frequência de dois modais de transporte: o rodoviário e o aéreo. 

Desse modo, traremos dicas práticas para você evitar qualquer problema posterior e facilitar possíveis comprovações dos danos sofridos.

O primeiro passo que você deve saber antes de viajar é conferir seus direitos para o tipo de viagem, no caso do transporte rodoviário existe uma Agência reguladora que é a autoridade com poder de fiscalização, a chamada Agência Nacional de Transporte Terrestre – ANTT, já no transporte aéreo temos a Agência Nacional Aviação Civil – ANAC.

No site da ANTT e no site da ANAC você conseguirá inúmeras informações quanto aos seus direitos e deveres, como por exemplo: quantos minutos de antecedência você deve chegar, possibilidade de gratuidade de passagens, reembolsos, atrasos etc. 

Você deve sempre lembrar, também, de acessar o site da empresa que prestará o serviço de transporte!

Mas vamos às dicas sobre como proceder no caso de bagagem extraviada.

Minha bagagem foi extraviada no transporte rodoviário, o que eu faço?

O primeiro passo que você deve fazer caso sua bagagem tenha sido extraviada é buscar auxílio de um funcionário para dar sequência na sua notificação sobre o problema enfrentado.

Atenção quando for solicitada a sua assinatura em algum documento para evitar transtornos futuros! SEMPRE leia toda a documentação que estará assinando.

Normalmente, as empresas transportadoras possuem formulários onde você deverá discriminar a bagagem extraviada, bem como os itens que nela se encontravam.

É importante colocar todos os dados corretamente, bem como colocar a mais completa descrição dos itens extraviados (quantidade, marca, valor aproximado etc.). 

Caso não lembre de todos os itens, acrescente essa observação!

Por fim, anote o nome do atendente e requeira uma via do documento, é seu Direito! Também é importante você guardar a passagem e o ticket de bagagem!

Minha bagagem foi extraviada no transporte aéreo, o que eu faço?

Aqui não será nada diferente da situação dos transportes rodoviários. Lembre de todos os passos e de guardar a documentação e cuidado no momento da assinatura de formulários para evitar qualquer problema futuro!

Minha bagagem foi extraviada e apesar de ter feito os procedimentos não ainda não chegou! O que eu faço?

As empresas de transportes de pessoas são responsáveis objetivamente pelos extravios e os danos decorrentes. Em outras palavras, eles terão que reembolsar você pela falha que ocorreu e os objetos que você precisou comprar por ter ficado sem sua bagagem na viagem.

Apenas um ponto é muito importante, no caso de viagens internacionais aéreas o dano material é limitado em conformidade com a Convenção de Montreal, então cuidado nas compras para não se prejudicar. Atualmente esse valor gira em torno de R$7.000,00 (valor relativo a 1.000 direitos especiais de saque).

Após sua viagem, busque reaver seus direitos administrativamente pelo Serviço de Atendimento ao Cliente – SAC. Porém, no caso de negarem o reembolso, procure um Advogado de sua confiança, a Defensoria Pública ou o Procon para auxílio desta situação.